sexta-feira, 25 de maio de 2007

Livros

As últimas aquisições para a minha modesta biblioteca:

capa do livro Ambient Findability    capa do livro Beautiful Evidence

capa do livro O design gráfico brasileiro: anos 60    capa do livro Making and Breaking the grid

5 comentários
Categorias:
permalink

5 comentários

  1. O “Making and breaking the grid” está na minha “wish list” da amazon. Vale?

    E o Ambiente Findability?

    Daniel Sansão
    segunda-feira, 28 de maio de 2007
    19:22
    permalink
  2. Salve Sansão.

    Comecei a ler o Making and Breaking the Grid. Não posso nem me incluir no grupo “não passei da página 20” porque sequer cheguei lá! Até o momento, estou gostando. Não é um tratado profundo ou um guia passo-a-passo. Acho que a grande contribuição é a seleção de projetos que ele apresenta, que são inspiradores. Não chega a dissecar cada um, isso fico por nossa conta. :-)

    Uma refer ência mais didática talvez seja o livro do Josef Müller-Brockmann. Esse é fortemente ligado à tradição do design moderno, no qual o grid era essencial.

    Aliado a isso, o Elementos do Estilo Tipogr áfico também é muito bom para tratar do grid tipográfico mais em detalhe. Acho que são leituras complementares.

    O Ambient Findability…eu sequer li a introdução. Comprei mais no instinto, porque penso que será útil para o meu doutorado. Mas não posso emitir um juízo de valor mais preciso do que o que você deve ter no momento! :-)

    Antes de mudar a categoria da sua wish-list para “itens comprados”, sugiro uma visita a minha biblioteca! Nada se compara a uma boa folheada nos livros. ;-)

    Mauro Pinheiro
    segunda-feira, 28 de maio de 2007
    21:16
    permalink
  3. Isso inclui Zanoubia?? Hein? Hein?

    anapow
    segunda-feira, 4 de junho de 2007
    20:26
    permalink
  4. Pow, Zanoubia é sempre uma boa pedida…curiosamente falamos nele hoje! :-9

    Mauro Pinheiro
    quarta-feira, 6 de junho de 2007
    17:04
    permalink
  5. Da pra ter uma boa ideia do Ambient Findability pelo site do Peter Mo.

    A tradução tosca seria “econtrabilidade ambiente”.

    Bruno Pinheiro
    terça-feira, 12 de junho de 2007
    2:15
    permalink

Fique à vontade, faça o seu comentário!




Seu comentário: