quarta-feira, 25 de maio de 2005

Bienal do Livro (ou: meu cartão enlouqueceu!)

bienal do livro

Esse ano, não teve jeito. Lá fui para a Bienal do Livro. Apesar de ser avesso a eventos dessa magnitude – enormes, sempre cheios de gente, sempre cansativos – com a perspectiva de ter descontos por ser professor, e precisando de livros para ampliar minha biblioteca e consequentemente meu conhecimento, acabei indo parar no distante Riocentro.

O saldo foi positivo na biblioteca e negativo no cartão de crédito! Tudo bem, descontos de 50% no stand da TASCHEN não dá pra ignorar…mas o problema é exatamente esse! Não dá pra deixar passar tanta coisa boa! Livros e mais livros que eu desejava, songbooks, livros sobre a história do samba, livros de design gráfico, passando por estudos sobre cibercultura…foram mais de 10 livros em 8 horas de maratona.

O que achei interessante do dia foi perceber que tinha MUITA gente que estava ali realmente só a passeio. Famílias que andavam por ali como se estivessem num parque, no shopping center, em qualquer lugar…um passeio como outro qualquer, sem sequer um livro comprar. Como eles conseguiam? Eu confesso não teria condição de resistir a tantas tentações, passar ileso por stands com livros tão bacanas.

Meus destaques:

Stands para babar e chorar por saber que mesmo o cartão tem limites!

sem comentários
Categorias:
permalink

Sem comentários até agora...não quer ser o primeiro? ;-)

Fique à vontade, faça o seu comentário!




Seu comentário: